Diário Online
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
INDISCIPLINA

Relembre os "garotos-problema" do futebol paraense

Dioguinho, afastado pelo Clube do Remo por indisciplina extracampo, não está sozinho. O futebol paraense já teve outros casos de atletas indisciplinados que deram problema tanto para o Remo quanto para o Paysandu. E houve casos que o craque conseguiu a proeza de desagradar nos dois!

segunda-feira, 02/08/2021, 18:40 - Atualizado em 02/08/2021, 18:46 - Autor: Diario Online


Jogador Dioguinho é mais um problema no histórico do futebol paraense recente.
Jogador Dioguinho é mais um problema no histórico do futebol paraense recente. | Fernando Torres

O futebol sempre tem um histórico de jogadores bons que fazem a alegria da torcida, porém, em alguns momentos, o clube tem que lidar com o extracampo, que acaba atrapalhando a carreira de um jogador.

O caso Dioguinho envolvendo o atacante e o Clube do Remo é mais um capítulo no futebol paraense envolvendo jogadores de qualidade, porém com um comportamento que acaba prejudicando a carreira. Há casos no Remo e no Paysandu.

Pelo lado azulino, o clube já teve uma dupla dor de cabeça com Martony e Andrey: a dupla estava em período de pré-temporada, porém acabou afastada do elenco profissional do Leão Azul por questões de disciplina.

Outro jogador de destaque no Remo que o componente extracampo pesou foi Edgar: ele teve êxito no clássico contra o Paysandu, só que acabou tendo problemas com alcoolismo e foi retirado do clube às vésperas do ReXPa do segundo turno, em 2017. Depois desse episódio, outras questões disciplinares ocorreram até que ele foi dispensado, definitivamente, pelo clube.

DOL CAST: Ouça o episódio sobre os Barqueiros da Bola

Há também casos excpecionais de um jogador, que passou por problemas nos dois grandes clubes paraenses. Foi o caso de Pimentinha. O atacante que no Remo não viajou para a partida contra o Salgueiro-PE, pela última rodada da Série C de 2017. O Remo acabou eliminado e Pimentinha não deu satisfação a diretoria azulina.

Já no  Paysandu, Pimentinha estava disponível para o jogo contra a Tombense-MG pela Série C de 2019. Só que seu nome não apareceu entre os reservas, pois havia abandonado o Paysandu e retornado ao Maranhão de ônibus.

Outro caso emblemático, que revoltou a torcida pela postura, é de Marcelo Nicácio. Ele teve atuações regulares pelo clube bicolor, na campanha da Série B de 2013. Todavia, na vitória sobre o Palmeiras no Mangueirão por 1 a 0, ocorreu um episódio de indisciplina: xele xigaou a própria torcida bicolor. Na época, pegou muito mal.

Recentemente, o atacante Ari Moura, em companhia de outro jogador do Paysandu, foi flagrado em uma festa durante a pandemia da covid-19. O jogador acabou sendo dispensado pelo clube bicolor após já ter cometido um ato indisciplinar, anteriormente.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS