Diário Online
Esporte / Esporte Pará
VAMOS, PAPÃO!

Atacante do Paysandu projeta 9 ou 10 pontos para acesso

Rildo falou sobre os poucos gols marcados do ataque bicolor: "Temos que marcar lateral e as vezes ficamos muito longe do gol"

segunda-feira, 27/09/2021, 22:25 - Atualizado em 27/09/2021, 22:38 - Autor: Kaio Rodrigues


Rildo diz que Papão precisa fazer o dever de casa e conseguir pontuar fora.
Rildo diz que Papão precisa fazer o dever de casa e conseguir pontuar fora. | John Wesley/Paysandu

O Paysandu teve a melhor campanha do Grupo A da Série C do Brasileiro, terminou a fase com moral e confiança e, de quebra, ganha o favoritismo pelo peso da camisa no Quadrangular Final da competição. Ituano-SP, Botafogo-PB e Criciúma-SC serão os adversários pela frente dos bicolores e Rildo deu os "ingredientes" para garantir o acesso.

Veja as datas de jogos do Paysandu no quadrangular do acesso

“É a fase decisiva. Temos que estar mais focados do que estávamos. Acredito que nossa chave é muito difícil, mas acreditamos em nosso grupo. É procurar fazer nosso dever de casa e buscar pontos fora. O espírito precisa ser o mesmo que estamos entregando nos últimos jogos. Acho que todos estão focados em busca de um único objetivo, que é o acesso. Claro que no Quadrangular Final temos que focar ainda mais, porém eu creio que estamos no caminho certo”, destacou.

 

Jogador é o artilheiro do Papão na Série C do Brasileiro.
Jogador é o artilheiro do Papão na Série C do Brasileiro. | (Foto: John Wesley/Paysandu)
 

Em 2020, o Papão terminou o quadrangular na quarta posição com sete pontos conquistados em seis jogos e viu o maior rival, Clube do Remo, e Londrina conquistarem o acesso à Segundona com 10 e 9 pontos, respectivamente. Por coincidência, Rildo falou sobre a mesma pontuação para que o Lobo consiga alcançar o principal objetivo da temporada.

“Estamos fazendo uma excelente campanha. Falo desde a minha chegada, que foi praticamente no segundo turno. O pessoal está focado. Como em qualquer campeonato, o principal é somar os pontos em casa e buscar pontos fora. Esse será o diferencial. Acredito que com 10 ou nove pontos conseguimos o acesso. Se fizermos nosso deve de casa e pontuar fora dará tudo certo no final”, enfatizou.

Rildo é o artilheiro do Paysandu na Série C do Brasileiro com três gols marcados. Marlon e Danrlei possuem dois cada, Robinho e Rafael Grampola marcaram uma vez, assim como Nicolas, hoje no Goiás. Dos 23 gols marcados na competição nacional, apenas 10 foram feitos pelos homens da frente do Esquadrão de Aço. Rildo explicou o motivo.

“Independentemente de quem faça os gols, é importante que o Paysandu saia vitorioso. Claro que os atacantes marcando é sempre bom. Só que temos outras funções dentro da equipe, como as funções táticas que precisamos fazer. As vezes ficamos muito longe do gol e acabamos não finalizando tanto como deveríamos, porque temos obrigações táticas. Temos que marcar lateral e as vezes ficamos muito longe do gol. Claro que primeiro pensamos na equipe e depois no individual. No fim, é como falei, independente de quem marque, o importante é o Paysandu estar saindo vencedor”, disse.

Comemoração:

“É uma comemoração que eu faço para a minha filha. Ela sempre faz esse movimento, falando ‘papai, vou te contar um segredo’ e ela coloca a mão na boca, então eu levei isso aí para o campo e espero comemorar mais vezes assim. Filha, o papai te ama muito. Estou com muita saudade e espero chegar em casa logo com o acesso para você. Te amo”, contou.

 

Rildo explicou a comemoração que sempre faz
Rildo explicou a comemoração que sempre faz | (Foto: John Wesley/Paysandu)
 
Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS