Diário Online
Esporte / Esporte Pará
EITA!

Paysandu tem dívida milionária cobrada por causa de Pikachu

A ação se refere a negociação de Yago Pikachu com o Vasco da Gama, não concretizada em 2013.

quinta-feira, 19/05/2022, 13:52 - Atualizado em 20/05/2022, 17:07 - Autor: Lucas Contente

Google News

O jogador saiu do Paysandu em 2016, para o Vasco da Gama
O jogador saiu do Paysandu em 2016, para o Vasco da Gama | Foto: Reprodução / BAND

Na última terça-feira (17), o Paysandu recebeu uma notificação extrajudicial de um grupo de investidores paulistas, encabeçado pelo empresário Luiz Oliveira, que em 2013, iria pagar cerca de R$ 800 mil pela compra de 30% dos direitos federativos de Yago Pikachu. 

Entretanto, a negociação do jogador para o grupo  acabou sendo travada. Porém, somente após o término do contrato com o Paysandu, 3 anos depois das tratativas terem sido realizadas, já livre no mercado, o lateral que também tem atuado como meia, acabou indo para o Vasco da Gama.

Passados 9 anos, Luiz Oliveira chega com uma ação extrajudicial contra o clube, pedindo uma indenização no valor de R$ 40.222.159,52. De acordo com eles, o jogador já havia assinado sua transferência e, portanto, o Paysandu não poderia voltar atrás.

LEIA TAMBÉM:

Yago Pikachu tem atuação impecável em jogo da Libertadores

Paraense Yago Pikachu dá título do Nordestão ao Fortaleza

Yago Pikachu, é escolhido para Seleção do Brasileirão

De acordo com o presidente do Papão, Maurício Ettinger, em entrevista para o DOL, a ação chegou, de fato chegou até ele, e que o departamento jurídico do clube está levantando os dados para ações futuras.

"Realmente, sobre o processo do Pikachu, o Paysandu recebeu uma notificação extrajudicial e estamos fazendo o levantamento das informações para se preparar para uma futura ação judicial. Já temos algo levantado que foi da época dos presidentes Luiz Omar e Vandick", relatou.

 

Presidente do clube se pronunciou a respeito
Presidente do clube se pronunciou a respeito | Arquivo
  

No entanto, o mandatário bicolor afirma que a ação dos paulistanos não prejudicará o clube: "Enfim, estamos fazendo todos os levantamentos - embora eu ache que não vai dar em nada - mas estamos fazendo todas as precauções necessárias", confirmou o presidente.

E MAIS - COM GOL NOS ACRÉSCIMOS, SANTOS VENCE NA SUL-AMERICANA; VEJA OS BASTIDORES 


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS