Diário Online
Esporte / Esporte Pará
"É CRIME!"

Presidente do Paysandu levanta bandeira contra a homofobia

O mandatário bicolor ainda citou o exemplo do Cruzeiro, que pode perder pontos na Série B por manifestações homofóbicas contra o Grêmio.

terça-feira, 07/06/2022, 13:30 - Atualizado em 07/06/2022, 13:27 - Autor: Lucas Contente

Google News

Imagem ilustrativa da notícia: Presidente do Paysandu levanta bandeira contra a homofobia
| Jorge Luis

Acompanhar o time do coração no estádio é uma experiência sempre grandiosa, mas infelizmente, algumas tristes práticas ainda continuam a estragar o momento, como atos de violência e preconceito, manifestados de diversas formas.

Na manhã desta terça-feira (7), o presidente do Paysandu, Maurício Ettinger usou suas redes sociais para alertar os torcedores do Paysandu sobre as manifestações homofóbicas nos estádios.

"Homofobia é crime! Além disso, tenho certeza que o torcedor bicolor não quer que o Paysandu passe por uma situação como essa. Não cante músicas homofóbicas!!!", disse.

LEIA TAMBÉM:

Paysandu inicia campanha contra cantos homofóbicos na Curuzu

Paysandu é multado pela justiça por homofobia na Curuzu

Alerta! Paysandu pode perder pontos e ser eliminado da Série C caso torcida repita cantos homofóbicos

Além disso, o mandatário Bicolor ainda falou sobre o arremesso de objetos no gramado, prática proibida em todo o mundo e sujeita a punições ao próprio clube: "Reforço também o que todos já sabem: não joguem objetos pro gramado!!!", completa.

Na última segunda-feira (6), o Papão publicou um vídeo em seu Instagram, mostrando ocasiões em que o clube foi punido por cantos homofóbicos e exigindo respeito a todos os torcedores do clube, independente da orientação sexual. Confira!


 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS