Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
SETE MORTOS

Localizada caixa-preta de avião que caiu a caminho de Belém

Não há prazo definido para que o Cenipa finalize as investigações sobre o acidente que deixou sete mortos

quarta-feira, 15/09/2021, 14:25 - Atualizado em 15/09/2021, 16:08 - Autor: Com informações do UOL


Vítimas do acidente serão sepultadas na tarde desta quarta-feira (15), em Piracicaba
Vítimas do acidente serão sepultadas na tarde desta quarta-feira (15), em Piracicaba | Reprodução

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) investiga o que motivou a queda de um avião de pequeno porte, na manhã da última terça-feira (14), em Piracicaba, no interior de São Paulo. Sete pessoas, que estavam a caminho do Pará morreram.

Celso Silveira Mello Filho, Maria Luiza Meneghel Silveira Mello e os filhos do casal: Camila, Fernando e Celso; o copiloto, Giovanni Gullo, e o piloto, Celso Elias Carloni.

Não há prazo para a conclusão das investigações pelo Cenipa. A caixa-preta da aeronave foi localizada entre os destroços. O equipamento será essencial para a identificação das causas da queda do avião, aproximadamente 15 segundos após a decolagem do Aeroporto de Piracicaba. O voo tinha Belém como destino. A família vitimada no acidente tinha empreendimentos agropecuários no Pará.

Imagens fortes! Vídeos mostram queda de avião que matou 7

Vítimas de acidente aéreo tinham fazenda no Pará

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a aeronave modelo King Air 250, prefixo PS-CSM, estava em situação regular.

Velório e sepultamento das vítimas

O velório de Celso Silveira Mello FIlho, que tinha 73 anos, Maria Luiza Meneghel, 71 anos, e dos três filhos do casal, os gêmeos Celso e Fernando (46 anos) e Camila (48) foi realizado durante a manhã desta quarta (15), em Piracicaba. De acordo com a prefeitura da cidade paulista, os sepultamentos devem ocorrer à tarde, no Cemitério da Saudade.

O prefeito Luciano Almeida (DEM), decretou luto oficial de três dias no município.

Celso Silveira Mello FIlho era acionista da Cosan, grupo que atua nos setores de agronegócio, distribuição de combustíveis e de gás natural e de lubrificantes e logística, com instalações em Piracicaba.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS