Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
BARBARIDADE

Brasileira é estuprada por coiotes na fronteira dos EUA 

Jessiane Gonçalves Schneider, de 24 anos, foi sequestrada, amarrada, amordaçada e estuprada por traficantes de pessoas

sexta-feira, 31/12/2021, 16:22 - Atualizado em 31/12/2021, 16:22 - Autor: Com informações Metrópoles


Jessiane tentava chegar a Nova Jersey, onde o marido dela está há três meses
Jessiane tentava chegar a Nova Jersey, onde o marido dela está há três meses | REPRODUÇÃO/ARQUIVO PESSOAL

Uma jovem brasileira identificada como Jessiane Gonçalves Schneider, de 24 anos,  foi sequestrada, amarrada, amordaçada e estuprada por traficantes de pessoas, conhecidos como coiotes, quando tentava atravessar a fronteira dos Estados Unidos com o México.

De acordo com as autoridades, no último dia 5, a jovem foi encontrada por um fazendeiro na região entre a cidade  americana El Paso e a mexicana de Ciudad Juarez. A jovem foi levada para um hospital da cidade mexicana, onde está internada em estado grave.

Nas redes sociais, a irmã de Jessiane, Regiane Schneider, divulgou uma vaquinha online, para arcar com os custos médicos. A família soube do ocorrido após uma enfermeira conseguir encontrar a família no Brasil pelo sobrenome da vítima.

Segundo a irmã de Jessiane, a garota tentava chegar a Nova Jersey, onde o marido dela está há três meses. “Mas infelizmente caiu em mãos erradas, ao tentar atravessar pelo México”, informou a família.

Veja também:


Durante o sequestro, Jessiane chegou a enviar vídeos pedindo para a família ter misericórdia. No entanto, os parentes não tinham dinheiro para enviar aos traficantes. Os coiotes então teriam entregado a vítima para o serviço de imigração, em El Paso, no Texas.

“Literalmente eles achavam que a tinham matado pois estava amordaçada e com tiras em volta do pescoço, informações dada pelo próprio médico a um advogado”, diz o texto da campanha de arrecadação, que já atingiu a meta.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS