Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
PERIGO

Pará de Minas emite alerta sobre rompimento de barragem

O problema pode acontecer em virtude das chuvas nesses último dias.

segunda-feira, 10/01/2022, 11:01 - Atualizado em 10/01/2022, 11:01 - Autor: Com informações do MSN


Pará de Minas (MG) está em situação de alerta por causa das chuvas.
Pará de Minas (MG) está em situação de alerta por causa das chuvas. | Reprodução

Várias cidades brasileiras estão enfrentando problemas em decorrências das chuvas e cheias de rios. Em Marabá, no sudeste paraense, por exemplo, 700 famílias estão desabrigadas devido ao aumento dos níveis dos rios Tocantins e Itacaiúnas. Na semana passada, um deslizamento de terra atingiu uma área do projeto Salobo III, da Vale. Na Bahia, 136 municípios estão em situação de emergência e 76 mil pessoas estão desabrigadas.

Incêndio no Telégrafo: veja detalhes na reportagem da RBA TV

Cheia dos rios desabriga 700 famílias em Marabá  

Em Minas Gerais, barragens já se romperam devido ao volume e a força da água. No final da noite do último domingo (9), a Prefeitura de Pará de Minas, distante a 83 quilômetros de Belo Horizonte, emitiu um “alerta máximo” aos moradores sobre o risco de rompimento da barragem da Usina do Carioca. No comunicado, a prefeitura pede que os moradores deixem suas casas, imediatamente.

A recomendação é válida para os moradores de Pará de Minas, Pitangui, Onça de Pitangi, São João de Cima, Casquilho de Baixo, Casquilho de Cima e Conceição do Pará. O prefeito de Pará de Minas, Elias Diniz (PSD), publicou um vídeo afirmando que a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros estão mobilizados para conter possíveis danos.

Nas redes sociais, circulam informações atribuídas ao Corpo de Bombeiros, que teriam alertado que a barragem tem 99% de chance de romper. Hoje (10), um perfil divulgou uma foto sobre como está o local.

“A informação é 99% de que a barragem pode romper. Se ela romper ela vai estourar Carioca, Onça de Pitangui, vai vir aqui nessa reta, vai chegar na faixa, no mínimo 60m de altura, com igarapé, planta, vai levar tudo isso que está aqui. Pelo amor de Deus, foi orientado que nem os militares vão poder ficar aqui mais. É subir todo mundo para a parte alta do Pitangui”, afirma.


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS