Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
AVALIAÇÃO NEGATIVA

Vídeo: apartamento de cliente destruído após cancelar pedido

Donos de de restaurante se revoltaram após avaliação negativa e cancelamento de cliente, exigindo o pagamento

terça-feira, 22/03/2022, 22:34 - Atualizado em 22/03/2022, 23:13 - Autor: Com informações da Isto é

Google News

Caso aconteceu em Niterói, no Rio de Janeiro, na semana passada
Caso aconteceu em Niterói, no Rio de Janeiro, na semana passada | Reprodução/Vídeo

As janelas quebradas por pedras foram resultados da clara selvageria cometida por donos de um restaurante que não conseguiram lidar com o cancelamento e a reclamação de uma cliente sobre um pedido feito no aplicativo ifood. Revoltados e insatisfeitos, marcharam até o apartamento da cliente e o destruíram.

+ Usuários do Whatsapp GB são banidos e números são bloqueados

O caso aconteceu na semana passada em Niterói, no Rio de Janeiro, mas as imagens registradas por câmeras de segurança foram divulgadas recentemente. Os donos do restaurante foram até o local para fazer a cobrança indevida no valor de R$19. Uma mulher grita, exigindo o pagamento, mas na sequência, um homem que a acompanhava começa a atirar pedras.

De acordo com a própria cliente, a história começou quando reclamou da qualidade da comida no aplicativo e cancelou o pedido, mesmo após o pagamento, então o ifood aceitou o cancelamento e devolveu o valor. Posteriormente, o casal enviou mensagens por meio do WhatsApp, ofendendo a cliente.

“Não adianta desligar o telefone! Você vai pagar, sim! Deixa de ser safada, mentirosa! Não tô aqui numa crise do caralh* pra vender comida cheia de adicionais por R$6, ainda mais pra gente mentirosa. Vou mandar um entregador passar aí pra receber. Desonesta! Não tem vergonha, não?”, foram algumas das mensagens enviadas, entre outras, antes do contato ser bloqueado.

+ Centur vira imensa galeria de arte com Semana do Muralismo

   

Caso de polícia

A cliente acionou a polícia, mas o casal havia fugido antes dos agentes chegarem. Ela afirmou que teve um prejuízo total de R$ 600 com as janelas quebradas. Dada a grande repercussão, a plataforma suspendeu sua parceria e abriu um inquérito administrativo.

Ao ser questionado sobre a veracidade do caso, o dono do restaurante confirmou que foi ao condomínio da mulher, mas ressaltou que tentou contato anteriormente por telefone. “Foi errado, um excesso, mas foi por causa de tudo (reclamação e cancelamento). Agora ela falar e postar que a gente chegou daquele jeito é mentira porque eu cheguei e apertei o interfone”, disse.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS