plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 29°
cotação atual R$


home
VEJA O VÍDEO

Filho atira em acusado de matar seu pai durante julgamento

Atirador atacou o réu no momento em que ele era julgado dentro do tribunal da cidade de São José do Belmonte, em Pernambuco.

Imagem ilustrativa da notícia Filho atira em acusado de matar seu pai durante julgamento camera Réu foi atingido por disparos e coronhadas durante sessão do tribunal do júri em Pernambuco | Reprodução

A burocracia e falta de celeridade da Justiça brasileira são motivos pelos quais muitas pessoas deixam de acreditar na mesma, recorrendo a métodos e ações por vezes criminosas como forma de "fazer justiça com as próprias mãos".

Foi o que ocorreu durante uma sessão de julgamento no Fórum de São José do Belmonte, no Sertão de Pernambuco. Buscando vingar a morte do pai, um homem armado atirou contra o réu, acusado do assassinato, dentro do tribunal do júri. O caso ocorreu em 29 de novembro, mas as imagens só foram divulgadas na última segunda-feira (1º).

CONTEÚDO RELACIONADO:

O vídeo mostra o momento em que o atirador estava sentado na plateia acompanhando o julgamento. Ele se levanta e anda em direção ao local onde o réu está. Uma mulher, que estava ao seu lado, tenta impedí-lo de cometer o ato, mas não consegue. Ele se aproxima do acusado e começa a efetuar os disparos, assustando a todos que estavam no tribunal do júri, que tentam sair correndo da sala.

Após o início do ataque, o réu, identificado como Francisco Cleidivaldo Mariano de Moura, tenta se desvencilhar dos tiros e chega a se jogar para trás da tribuna onde o juiz e jurados estavam. O atirador, por sua vez, o persegue e o ataca a coronhadas na cabeça, até que o acusado deixa de reagir às agressões. Nenhuma outra pessoa se feriu na ação.

Quer mais notícias do Brasil? Acesse nosso canal no WhatsApp!

Segundo a Polícia Militar de Pernambuco, o autor dos disparos foi preso em seguida, antes de conseguir fugir do tribunal. Cristiano Alves Terto foi encaminhado para a delegacia do município e autuado em flagrante por homicídio qualificado tentado. Já o réu atacado foi encaminhado para atendimento médico e mesmo após ser atingido por disparos e pelas coronhadas, sobreviveu. Até então, não há previsão para a retomada do julgamento.

VINGANÇA

O ataque foi considerado uma ação de vingança pela morte do pai de Cristiano Alves Terto. Francisco Alves Terto foi morto com um disparo de arma de fogo no abdômen após um desentendimento com Francisco Cleidivaldo, que estaria alcoolizado quando foi tirar satisfações com a vítima sobre um animal que teria fugido de sua propriedade.

O crime ocorreu em outubro de 2012 e somente em novembro de 2024, mais de 12 anos depois, é que ocorreu o julgamento de Francisco, acusado pelo homicídio. Agora, Cristiano também está preso e responderá pelo crime de homicídio qualificado tentado contra o assassino do pai. A defesa dele chegou a pedir um habeas corpus em março deste ano, que foi negado pela Justiça de Pernambuco.

VEJA O VÍDEO!

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Notícias Brasil

Leia mais notícias de Notícias Brasil. Clique aqui!

Últimas Notícias