Diário Online
Notícias / Cursos & Empregos
TENDÊNCIA

Interior do Pará reúne várias oportunidades de emprego

Pandemia ainda não acabou e segue impactando no mercado, que teve de se adequar a essa realidade. Mas existe, sim, expectativa de contratações.

sexta-feira, 14/01/2022, 07:39 - Atualizado em 14/01/2022, 08:25 - Autor: Suênia Cardoso / Diário do Pará


Imagem ilustrativa da notícia: Interior do Pará reúne várias oportunidades de emprego
| Bruno Cecim/ Agência Pará

Quem busca uma vaga de emprego em 2022 deve encontrar um mercado de trabalho ainda marcado pela pandemia da covid-19, com novas características e adaptações trabalhistas, dentre elas, a comprovação da vacina anti-covid, permanência dos protocolos de segurança sanitária e hibridação no formato de trabalho, intercalado entre o home office e o presencial. Contudo, exigências à parte, a expectativa de contratações é positiva para áreas como serviço e indústria, principalmente no interior do Estado.

Na opinião da diretora da Gestão Consultoria, Nara D’Oliveira, quem pretende explorar outros municípios do Pará tem grandes chances de contratação. “Nosso estado tem um cenário atípico do resto do país. Nosso negócio é indústria e serviços, logística portuária, transporte modal e extrativismo. Estamos muito aquecidos nestes segmentos, que são fortes da economia”, diz ela. “O belenense, no entanto, não percebe muito isso porque na capital predomina o varejo. Sendo assim, quem realmente pretende conquistar uma vaga no mercado, a dica é sair de Belém, pois terá possibilidade de se empregar”, orienta.

LEIA TAMBÉM:

Helder autoriza pagamento a famílias atingidas por cheias

Boulevard da Gastronomia deve começar obras em julho

Em comparação a 2021, no setor de serviços, o diretor de Gente & Gestão de Trainee RH, Thallys Ferreira, diz que espera-se um aquecimento mais rigoroso. “O setor teve uma retração, especialmente no segundo semestre de 2021. A expectativa para o ano que vem é que o setor reaja de forma intensa, principalmente para cargos de gerentes, vendedores e atendentes.

Já a indústria tem crescido de forma ainda discreta, portanto, esperamos uma evolução bastante rigorosa, e em cargos que se destinam a operador de produção e engenheiro de produção. Na construção civil, a retomada deve vir para cargos de engenheiro e servente de obras”, avaliou Ferreira.

FORMAÇÃO

A formação profissional, por sua vez, é um dos requisitos fundamentais para estar à frente na concorrência de uma vaga de emprego. “Ter especializações; falar um idioma, como o inglês, por exemplo; ser auto gerenciável; e ter uma relação positiva com o trabalho são fatores essenciais”, elenca Nara.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS