Diário Online
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$
CLIMA

Calor de quase 50 graus nos EUA e Canadá mata dezenas

Cerca de 69 pessoas morreram nos últimos dias na região de Vancouver, no oeste do Canadá, a maioria eram idosos.

quarta-feira, 30/06/2021, 18:37 - Atualizado em 30/06/2021, 18:36 - Autor: Com informações R7


Globalmente, a década de 2010 a 2019 foi a mais quente já registrada
Globalmente, a década de 2010 a 2019 foi a mais quente já registrada | Reprodução

As mudanças climáticas vem fazendo a cada ano alterações no clima da Terra. Atualmente essas mudanças nas temperaturas têm ocorrido de forma intensa em razão da ação do homem. Nos últimos anos, muitos hospitais pelo mundo registraram um maior numero de internações de pessoas vítimas do calor. Até mesmo países considerados de clima frios não escapam das ondas de calor.

Nesta terça-feira (29), cerca de 69 pessoas na área de Vancouver morreram em razão de uma onda de calor recorde que tomou o oeste do Canadá e o noroeste dos Estados Unidos.

De acordo com a Real Polícia Montada do Canadá (RCMP), a maioria dos mortos nos subúrbios de Burnaby e Surrey, em Vancouver, eram idosos ou pessoas com problemas de saúde subjacentes.

"Embora ainda esteja sendo investigado, acredita-se que o calor é um fator que contribuiu para a maioria das mortes", disse em um comunicado o cabo Michael Kalanj, da RCMP.

As mudanças climáticas estão fazendo com que temperaturas recordes se tornem mais frequentes. Globalmente, a década de 2010 a 2019 foi a mais quente já registrada. O calor escaldante que se estende de Oregon aos territórios árticos do Canadá foi atribuído a uma crista de alta pressão que retém o ar quente da região.

Recorde de calor

Na segunda-feira (28), o Canadá teve um novo recorde histórico de alta temperatura, com 47,9 graus Celsius registrados em Lytton, na Colúmbia Britânica, cerca de 250 quilômetros a leste de Vancouver.

Os meteorologistas esperavam um novo recorde nesta terça-feira, prevendo um calor de 48,9 graus Celsius no oeste do Canadá.

A Environment Canada emitiu alertas para a Colúmbia Britânica, Alberta e partes de Saskatchewan, Manitoba, Yukon e os Territórios do Noroeste, dizendo que a "onda de calor prolongada, perigosa e histórica persistirá durante esta semana".

O Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA emitiu um aviso semelhante, instando as pessoas a "permanecer em prédios com ar-condicionado, evitar atividades extenuantes ao ar livre, beber muita água e verificar como estão seus familiares/vizinhos".

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS