Diário Online
Notícias / Mundo-Notícias
ÚLTIMA VIAGEM

Nevasca deixa 21 mortos em engarrafamento no Paquistão

As vítimas estavam dentro de carros, que estavam sob a neve. Grande parte dos mortos havia seguido para uma cidade turística a fim de ver a rara nevasca que tomou a região.

terça-feira, 11/01/2022, 15:39 - Atualizado em 11/01/2022, 15:38 - Autor: Com informações R7


Ao menos seis pessoas morreram congeladas dentro de seus veículos.
Ao menos seis pessoas morreram congeladas dentro de seus veículos. | Reprodução/Twitter

A exposição ao frio pode causar hipotermia que consiste na queda da temperatura corporal, que normalmente é de 36,6 °C, para valores abaixo de 35 °C. Essa semana, uma forte nevasca que atingiu várias cidades no Paquistão, causou diversas mortes no trânsito.

Ao menos 21 pessoas morreram presas dentro de seus veículos, em um gigantesco engarrafamento causado por dezenas de milhares de visitantes que decidiram ver uma rara tempestade de neve em uma cidade montanhosa do norte do Paquistão.

Segundo a polícia local, ao menos seis pessoas morreram congeladas dentro de seus veículos. Ainda não se sabe se as outras vítimas morreram sufocadas após inalarem gases no engarrafamento.

Veja também:


O ministro do Interior, Sheij Rashid, disse que mobilizou militares para limparem as estradas e socorrerem os milhares de motoristas e passageiros ainda presos perto de Murree, cerca de 70 km ao nordeste da capital Islamabad.

Mais de 100 mil automóveis foram para a cidade turística de Murree nos últimos dias para ver as grandes e raras nevascas, causando enormes engarrafamentos nas vias de acesso e saída, segundo um porta-voz da polícia.

Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram carros presos no engarrafamento, com um metro de neve acumulada no teto.

"As pessoas enfrentam uma situação terrível", afirma Usman Abbasi, um turista bloqueado nessa cidade, onde a neve continua caindo, segundo relatou à AFP por telefone.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS