Notícias / Notícias Pará
DECISÃO

Acusado de participar da morte de Ravyla é liberado

Ele cumpriu 30 dias de prisão temporária e alega inocência

quarta-feira, 28/07/2021, 00:28 - Atualizado em 28/07/2021, 00:28 - Autor: Com informações de Dinan Laredo/RBA TV


Paulo Henrique, o Beleza, agora diz que vai cooperar com a Justiça
Paulo Henrique, o Beleza, agora diz que vai cooperar com a Justiça | Reprodução

A Justiça liberou Paulo Henrique dos Santos Barbosa, conhecido como “Beleza”.

Ele estava preso desde o dia 27 de junho e cumpriu 30 dias de prisão temporária, suspeito de participação no assassinato da menina Ravyla Souza, de 10 anos, no município de Viseu, nordeste paraense.

Suspeito de matar Ravyla dá versão sobre o caso; assista!

Caso Ravyla: corpo estava em avançado estado de decomposição

Paulo Henrique alega que não participou do sequestro e morte menina.

O crime revoltou a população do município e teve grande repercussão no Estado.

Ravyla saiu de casa no dia 21 de junho para fazer compras para mãe em um mercado e desapareceu.

O corpo da menina foi encontrado 4 dias depois em área de mata na zona rural do município.

Quatro pessoas foram indiciadas pela morte de Ravyla.

Genival Maciel Oliveira, o DJ Maiquinho; Henderson Pedrosa;, Zima Lima de Souza e Paulo Henrique.

Já em liberdade, Paulo Henrique contou à reportagem da RBA TV que foi levar uma moto para marido da prima dele e acabou envolvido no crime.

“Beleza” disse que foi ameaçado e ficou com medo de apontar os homens que mataram a menina.

Agora, Paulo Henrique quer provar a inocência e está disposto a ajudar a Justiça.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS