Diário Online
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
PROVIDÊNCIAS

Barcarena: Helder e Prefeitura se posicionam sobre incêndio

Um dos depósitos da mineradora de extração de caulim pegou fogo na noite desta segunda-feira (6), em Barcarena

terça-feira, 07/12/2021, 08:59 - Atualizado em 07/12/2021, 09:50 - Autor: Wesley Rabelo


Imagem ilustrativa da notícia Barcarena: Helder e Prefeitura se posicionam sobre incêndio
| Reprodução

Na noite da última segunda-feira (6), um dos depósitos de uma mineradora de extração de caulim pegou fogo e explodiu, provocando um forte odor de enxofre no bairro Industrial, na Vila do Conde, em Barcarena. O fogo foi controlado pelo do Corpo de Bombeiros.

Ainda pela noite, o governador Helder Barbalho se pronunciou em suas redes sociais e disse que está à disposição para ajudar no que for preciso. Helder disse que está em contato com o prefeito para que medidas sejam tomadas.

“Sobre o acidente em Vila do Conde, já entrei em contato com o prefeito de Barcarena, Renato Ogawa, oferecendo ajuda. Os órgãos do Governo do Estädo já estão em contato com a prefeitura do município para tomar as devidas providências.” disse o governador do Pará. 

Pela manhã, a prefeitura de Barcarena informou que enviou equipes da Secretaria de Meio Ambiente e da Defesa Civil do município até as instalações da Imerys, com o objetivo de avaliar os riscos do incêndio para a comunidade. 


“Uma equipe do Samu e mais duas ambulâncias foram prontamente deslocadas para transporte, e a UPA do município esteve preparada para receber possíveis vítimas. Até o fechamento desta nota, foram realizados cerca de 30 atendimentos, com sintomas leves a moderados, de desconforto respiratório.”, disse a gestão municipal através de nota. Após incêndio em depósito da Imerys, população cobra solução

Moradores abandonam casas após incêndio na Imerys

A Secretaria de Meio Ambiente de Barcarena notificou a Imerys a apresentar a Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos (FISPQ), o plano de contingência da empresa e o laudo da qualidade do ar.

Ainda segundo a prefeitura, nesta terça-feira (07), são esperados técnicos e coordenadores da Secretaria de Saúde e Meio Ambiente do Estado para auxiliar na apuração do incidente. 

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS