Diário Online
Notícias / Notícias Pará
MINICENSO DO IBGE

Mulheres são maioria e população idosa aumenta em Mosqueiro

Os dados são do minicenso realizado pelo IGBE no final do ano passado

quinta-feira, 17/03/2022, 17:04 - Atualizado em 17/03/2022, 17:04 - Autor: Agência Belém

Google News

Luiz Cláudio Martins apresentou resultado do minicenso e equipamentos utilizados para coleta de dados
Luiz Cláudio Martins apresentou resultado do minicenso e equipamentos utilizados para coleta de dados | Ascom/Agência Distrital de Mosqueiro

As mulheres são maioria no bairro da Vila, em Mosqueiro, foi o que revelou o minicenso realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no final de 2021. O resultado foi apresentado na manhã desta quinta-feira, 17, em cerimônia na sede da Agência Distrital com presença de autoridades e comunidades de Mosqueiro.

Em números totais foram recenseados 3.235 moradores; com 2.841 endereços visitados; domicílios particulares permanentemente ocupados 1.148; domicílios sem entrevista realizada 74 (6,4% do total); 99,5% das entrevistas foram presenciais e apenas uma via internet e quatro por telefone.

3ª Usina da Paz será entregue em Marituba no sábado

Faltando 137 dias para o início dos trabalhos para o censo demográfico 2022, o chefe da Unidade Estadual do IBGE, Rony Helder Cordeiro, agradeceu e renovou pedido de apoio recebido da Prefeitura Municipal de Belém, por meio da Agência Distrital de Mosqueiro, às autoridades públicas da segurança pública, escolas e as comunidades em geral.

“Esperamos voltar aqui e receber esse mesmo carinho, porque é com grande satisfação que apresentamos o resultado desse teste e esperamos retornar no final do ano com a pesquisa completa e oficial”, explicou.

Censo geral começa em agosto

Vale lembrar que o evento teste do IBGE ocorreu em todo o Brasil. No Pará, o distrito de Mosqueiro foi escolhido por reunir características importantes como proximidade da capital e facilidade de acesso, além da logística para teste de equipamentos e sistemas no bairro da Vila. O censo demográfico 2022 começa dia 1º de agosto.

A agente distrital Vanessa Egla, que no ato representou o prefeito Edmilson Rodrigues, destacou a importância do trabalho do IBGE pelo aspecto científico que norteia as políticas públicas de saúde educação, urbanismo, saneamento, entre outros segmentos sociais e econômicos fundamentais para o bem-estar da comunidade.

Segundo Vanessa Egla, o prefeito Edmilson Rodrigues é um gestor que respeita e se utiliza de informações científicas para tomar decisões relativas aos programas e projetos de governo voltados à população. “Por isso, esta Agência Distrital estará sempre de portas abertas para receber o trabalho do IBGE”, disse Vanessa Egla, que também agradeceu a comunidade que acolheu com muito carinho os recenseadores.

Morto no bairro do Telégrafo era pastor evangélico

Mulheres 

Os dados da pesquisa revelaram que o bairro da Vila tem 3.235 moradores, sendo a maioria mulheres – 1.695 residentes (52,4%), enquanto os homens somam 1.540 (47,6%). Já os idosos representam 19,4% de um total de 627 pessoas com idade acima de 60 anos ou mais idade.

De acordo com Luiz Cláudio Martins, coordenador técnico de pesquisa do IBGE, os dados sobre a população idosa demonstram uma evolução quantitativa em relação a 2010, quando os percentuais eram de 13% e agora são de 19,4%. “Um crescimento que chama atenção das autoridades que terão de dobrar as políticas públicas voltados a esse segmento, que também demonstra que nossa população idosa está vivendo mais e buscando mais qualidade de vida”, alerta.

Outro dado interessante da pesquisa no bairro da Vila foi a taxa de ocupação dos domicílios, com média de apenas 2,9% moradores; o que para o técnico Luiz Cláudio representa o encolhimento no número de pessoas por famílias pesquisadas.

“Isso é uma realidade”, analisou, lembrando que os números são relativos ao teste realizado pelo IBGE antes do final do ano de 2021, analisando equipamentos e sistema. “O censo demográfico oficial será realizado em agosto, setembro e outubro, esses números de hoje são uma prévia, mas estamos muito satisfeitos com os resultados”, analisou.

Plateia Atenta

Após a exibição dos números gerais, os debates foram abertos à plateia. Os agentes do controle de endemias se manifestaram, parabenizando o trabalho, mas também destacando que Mosqueiro tem um problema dos imóveis fechados que oferecem riscos à saúde pública por acumular lixo e água parada em piscina sem tratamento, dois fatores que colaboram diretamente à proliferação dos vetores de transmissão da dengue, mas que o resultado do censo poderá ajudar na composição de novas políticas públicas para o setor.

O conselheiro da cidade, eleito pelo programa Tá Selado, João Batista Cezar, chamou atenção para o aumento da população idosa de Mosqueiro. “Esses números vão ajudar na criação de projetos para melhoria do transporte público, um dos vilões, pois as empresas se queixam da gratuidade e muitos se negam a prestar um serviço de qualidade”, avaliou.

A área da segurança pública também destacou a importância do trabalho do IBGE e como se utilizará dos dados para reforçar e ampliar seus projetos na ilha de Mosqueiro. Segundo o subtenente L. Antunes, representante do Comando do 25º Batalhão de Polícia na cerimônia, em breve a PM vai destinar uma viatura específica para atender os casos de violência doméstica, em especial a violência contra a mulher.

“Queremos parabenizar o IBGE pelo trabalho e dizer que a segurança pública, a Polícia Militar é parceira e recebe os dados com bastante atenção e interesse, pois, muitas das nossas ações são baseadas nas ocorrências que atendemos”, disse o militar, ao final da cerimônia, que ainda recebeu Evandro Paiva Feio, coordenador do Censo Escolar, da Secretaria de Estado de Educação.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS