Diário Online
Notícias / Notícias Pará
NOVO DECRETO

Santarém flexibiliza e dispensa uso de máscara ao ar livre

Uso de máscaras agora é opcional no município

sábado, 19/03/2022, 07:58 - Atualizado em 19/03/2022, 09:30 - Autor: Redação

Google News

Um decreto com a flexibilização foi publicado na última sexta-feira (18)
Um decreto com a flexibilização foi publicado na última sexta-feira (18) | Pedro Guerreiro/Agência Pará

Foi publicado ontem, 18, o Decreto Municipal Nº 421/2022 – Gap/PMS que faculta o uso de máscaras para circulação e realização de atividades físicas e recreativas em espaços abertos ao ar livre. A flexibilização foi anunciada anteontem, 17, pelo prefeito de Santarém, Nélio Aguiar.

O novo decreto tem efeito imediato. Agora, o uso de máscaras de proteção facial torna-se opcional em ambientes como Parques, Praças, Feiras livres, Ruas e Avenidas, Pátios e Quadras abertas, além de áreas abertas de escolas, entre outros.

Venda de máscaras cai no centro comercial de Belém

A decisão foi fundamentada em análises técnicas do Núcleo Técnico de Vigilância em Saúde e da Vigilância Sanitária, órgãos da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

A Nota Técnica Nº 001/2022, emitida pelos órgãos, revela que 94,11% da população vacinável, no município, já receberam a primeira dose do imunizante contra a covid-19. Informa ainda que 74,71% já receberam as duas doses da vacina e que as internações por agravamento da doença caíram 89,8%.

“Assinei o Decreto que dispõe sobre a limitação do uso de máscaras no município. Baseado em novo levantamento de dados, apresentando baixa no número de internações e a alta cobertura vacinal, resolvemos flexibilizar o uso de máscara para circulação/atividades físicas e/ou recreativas em espaços abertos ao ar livre. Vamos continuar monitorando e acompanhando para avançamos na flexibilização futuramente”, disse o prefeito Nélio Aguiar.

Estudo: ‘Efeito Bolsonaro’ não afetou vacinação

O uso de máscara continua obrigatório em todos os ambientes fechados, como transporte público, comércio e escritórios, mercados e academias, cinemas, teatros, shoppings, entre outros. Isso porque devido a baixa circulação de ar e aglomeração de pessoas, há mais riscos do novo coronavírus se propagar nesses locais.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS