Diário Online
Notícias / Notícias Pará
MAIS UM

Aviso de massacre põe escola em estado de alerta em Marabá

As frases deixadas no local datam o dia que o suposto massacre aconteceria. A Polícia Civil está investigando mais um caso de anúncio de violência em escolas do Pará.

quinta-feira, 28/04/2022, 17:02 - Atualizado em 28/04/2022, 17:02 - Autor: Redação

Google News

Imagem ilustrativa da notícia: Aviso de massacre põe escola em estado de alerta em Marabá
| ( Reprodução Whatsapp)

Alunos e funcionários da escola Estadual Plínio Pinheiro, localizada no Núcleo Velha Marabá, em Marabá, na região sudeste do estado, ficaram assustados nesta quinta-feira (28), ao se depararem com um suposto aviso de massacre, no local.

Vídeo: Roubo a pizzaria em Belém. Prejuízos somam R$ 11 mil.

Nenhum responsável foi identificado ainda. Mas, segundo a mensagem deixada em uma caixa de descarga de um vaso sanitário, em um dos banheiros da escola, a autoria seria de integrantes do PCC e Comando Vermelho, duas facções criminosas. 

As frases deixadas no local datam o dia que o suposto massacre aconteceria: 06 de maio de 2022 e conta com a assinatura do PCC e Comando Vermelho.

Leia também: 

"Ben 10" é morto a tiros em mercadinho de Castanhal

Foragido há dois anos, condenado por estupro é preso pela PM

Com o ocorrido, a Polícia Militar e a Guarda Municipal do município de Marabá foram acionadas e iniciaram a "Operação Presença", que visa prevenir qualquer ato de violência no estabelecimento de ensino, garantindo a seguranças dos alunos que estudam de forma integral na escola, assim como os funcionários da instituição. 

O caso será levado à Polícia Civil, que dará continuidade nas investigações.

Outros casos

Recentemente, uma postagens em redes sociais feitas por um adolescente alertaram para um suposto massacre que ocorreria, em uma escola estadual no Distrito de Icoaraci, região metropolitana de Belém. O caso também festá. O caso foi considerado como brincadeira de "mau gosto", mas está sendo investigado também pela Polícia Civil, que informou que as investigações estão sendo feitas pela Divisão de Atendimento ao Adolescente (DATA). 

Outro caso mostra também que investigações do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil do Pará revelaram que um adolescente, do município de Irituia, no nordeste paraense, estava planejando um atentado em homenagem ao "massacre de Suzano", ocorrido em 2019. 

Na tarde da última quinta-feira (14), um dos alunos – menor de 18 anos de idade – tentou entrar armado com uma faca na unidade, que fica no conjunto Promorar, bairro de Val-de-Cans. A situação ocorreu no mesmo dia em que vídeos e áudios gravados por outros alunos da escola anunciavam uma ação semelhante ao ocorrido em Suzano 


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS