Diário Online
Notícias / Notícias Pará
FAKE NEWS

Detran nega que agente esteja  envolvido em homicídio na BR

Boatos que circulavam em grupos de WhatsApp acusavam o agente do Detran-PA de participar na morte de uma pessoa em um micro-ônibus

terça-feira, 24/05/2022, 22:42 - Atualizado em 24/05/2022, 22:40 - Autor: DOL

Google News

Agente do Detran-PA registrou Boletim de Ocorrência após ter a imagem vinculada a um crime
Agente do Detran-PA registrou Boletim de Ocorrência após ter a imagem vinculada a um crime | Divulgação

A expressão fake news ganhou as páginas dos jornais e a internet nos últimos anos. O termo vem do inglês fake (falsa/falso) e news (notícias). Dessa forma, em português, a palavra significa notícias falsas. Apesar de ter se destacado recentemente, a expressão é bem mais antiga e data do final do século XIX. Fake News são as informações falsas que viralizam entre a população como se fossem verdades. Atualmente, elas estão, principalmente, relacionadas às redes sociais.

Após um suposto ataque contra um grupo de dez torcedores do Clube do Remo, que teriam embarcado em um micro-ônibus, na noite do último domingo (22),, na rodovia BR-316, e que resultou na morte de  Nayguel Júnior Porto Oliveira. 

Passageiro é atingido por tiros em micro-ônibus na BR-316

Segundo informações que estavam sendo divulgadas através das redes sociais  e grupos de Whatsapp, o carro que participou do ataque seria de um agente do Detran-PA. 

Após o agente do departamento de trânsito ver a foto dele o associando ao crime circulando em grupos,  ele registrou boletim de ocorrência denunciando o crime de calúnia a partir do uso indevido de foto retiradas das redes sociais.

Polícia investiga assassinato de passageiro na BR-316

Através das redes sociais, o órgão também negou a participação do agente no crime. 


“O Detran informa que não procede a informação veiculada nas redes sociais e em grupos de WhatsApp de que um de seus agentes de fiscalização estaria envolvido em um caso de homicídio. O Detran reforça que Fake News é crime!” 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS