Diário Online
Notícias / Notícias Pará
EMOÇÃO

Chega a Belém paraense que estava na Guerra da Ucrânia

A chegada de Sandro foi um momento de muita emoção pela família que o esperava no aeroporto da capital paraense

sexta-feira, 05/08/2022, 17:55 - Atualizado em 05/08/2022, 20:06 - Autor: Com informações Wellington Jr/RBA TV

Google News

Mãe de Sandro emocionada com a chegada do filho
Mãe de Sandro emocionada com a chegada do filho | Wellington Jr/RBA TV

A guerra entre Rússia e Ucrânia, começou no dia 24 de fevereiro de 2022,  as principais razões apontadas são: a expansão da Otan pelo Leste Europeu, a possibilidade de adesão da Ucrânia à aliança militar, a contestação ao direito da Ucrânia à soberania independente da Rússia e o desejo de Vladimir Putin de restabelecer a zona de influência da União Soviética.

As imagens da guerra que circulam nos noticiários de todo o mundo chocam, pois crianças, mulheres, famílias, muitas pessoas morreram ou estão vivendo em condições deploráveis em razão do conflito.

É possível votar online em casa? Não. TSE alerta para golpe

Sandro Silva, de 37 anos, paraense, estava na guerra entre Ucrânia e Rússia, e desembarcou na manhã desta sexta-feira (05), no aeroporto de Belém, onde era aguardado por toda família.

A mãe do soldado contou como foram os dias em que o filho esteve na zona de guerra. 

"Foram dias de aflição onde todos os dias eu rezava, chorava, sem saber o que estava acontecendo. Estou com muita saudade. Só eu sei como meu coração está agora." disse Sandra.

Vídeo: Vigia de Nazaré retoma homenagens à padroeira

Já o soldado Sandro Silva, contou à equipe da RBATV, como foram os dias de guerra. 

"As cenas são horríveis. Difíceis de detalhar. Só quem estava lá sabe o que é ver amigos soldados feridos ou mortos. Durante um tempo fiquei hospitalizado e a todo momento fiquei preocupado. Quem disser que não teve medo está mentindo." falou o soldado.

Vídeo: caminhão com carga de milho explode no Pará

 "O país ainda precisa de muita ajuda e por isso continuaremos unidos. Juntos comigo também devem embarcar um paraense que com toda bravura também deve lutar." finalizou Sandro.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS