plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 26°
cotação atual R$


home
IRMÃ E PRIMA DA ESPOSA

Homem agride duas mulheres da própria família no Marajó

O caso de violência contra a mulher aconteceu em Breves, na Ilha do Marajó. O homem, segundo testemunhas, estava visivelmente alcoolizado

Imagem ilustrativa da notícia Homem agride duas mulheres da própria família no Marajó camera Victor Batista Chaves, de 26 anos é acusado de agredir a própria irmã e a prima de sua esposa | Reprodução/CPR XII

Segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em parceria com o Datafolha, 33,4% das mulheres brasileiras já sofreram algum tipo de violência, seja física ou sexual, em 2023. O número representa 21,5 milhões de mulheres, superando a média global, que é de 27%, segundo a Organização Mundial da Saúde. Só para se ter uma ideia, em 2022, 50.962 sofreram violência diariamente. Em se falando de Brasil, país apaixonado por futebol, esse número equivale ao Estádio Mangueirão lotado. Esse tipo de violência é vista cada vez mais, seja na cidade, ou no interior.

Um homem identificado como Victor Batista Chaves, de 26 anos, agrediu a própria irmã e a prima de sua esposa com socos e pontapés na cidade de Breves, na Ilha do Marajó.

Após denúncia feita pela Central de Atendimento da Polícia (CAD) pela irmã, os militares da Companhia de Policiamento Regional (CPRXII), do Marajó Ocidental, deslocaram-se até o endereço indicado. Ao chegarem no local, os policiais conversaram com uma mulher identificada como Naiara Paz da Silva, que relatou ter sido agredida com socos e pontapés por seu irmão, Victor Batista Chaves, em frente à casa onde ambos residem. A vítima informou que o suspeito estaria embriagado e teria ido em direção à casa da prima de sua esposa.

Conteúdo relacionado

Os agentes foram até o local indicado e momento em que Bruna Gabriela de Sousa Ribeiro, prima da esposa do suspeito e moradora do mesmo local, abriu a porta para a entrada da guarnição, Victor começou a agredi-la na presença dos policiais. Diante da agressão, os policiais detiveram o agressor e utilizaram algemas devido à alteração do homem.

Quer saber mais notícias do Pará? Acesse o nosso canal no WhatsApp

A guarnição conduziu as duas vítimas, o acusado e todos os envolvidos até a Superintendência Regional de Polícia Civil (Sudepol), em Breves, para os procedimentos cabíveis.

Vale ressaltar que o acusado apresentava arranhões no rosto, resultado do confronto físico anterior com sua irmã.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Notícias Pará

Leia mais notícias de Notícias Pará. Clique aqui!

Últimas Notícias