Notícias / Polícia
REVIRAVOLTA

Corpo achado não é de homem que teve coração arrancado

Polícia encontrou imagens de horror no celular de um adolescente de 16 anos, onde mostram um homem sendo morto e tendo o coração arrancado. Ele apontou aos policiais onde estaria o corpo, mas tórax da vítima não possuía a incisão que aparece no vídeo.

domingo, 06/06/2021, 11:43 - Atualizado em 06/06/2021, 11:43 - Autor: Com informações do portal Correio de Carajás


Mistério ronda corpo encontrado em Parauapebas, após vídeo de coração arrancado e fatiado por criminosos.
Mistério ronda corpo encontrado em Parauapebas, após vídeo de coração arrancado e fatiado por criminosos. | Reproduçã/Correio de Carajás

O vídeo de horror encontrado no celular de um dos suspeitos, por policiais militares - que chocou a todos - após criminosos serem flagrados arrancando e fatiando o coração de um homem no interior do Pará, ganhou um novo desfecho, um tanto ainda misterioso. As informações são do portal Correio de Carajás.

Homem tem coração arrancado e fatiado por assassinos no Pará

Um corpo foi encontrado no município de Parauapebas, no sudeste paraense, após a Polícia Militar apreender um aparelho celular que continha vídeos de um assassinato com requintes de crueldade.

O aparelho estava sob a posse de um adolescente de 16 anos, que mostrou o conteúdo dos vídeos aos policiais, onde os criminosos aparecem removendo o coração de um homem ainda vivo.

O adolescente chegou a negar participação no crime, mas informou três pessoas supostamente, conhecidas por ele como “Felipe Pacheco”, “Carlos Emoji” e “Gabriel Lorinho”. Ele disse ainda, que celular apreendido pertencia a “Carlos Emoji”, com quem teria trocado de aparelho.

Foragido pula de 17º andar de prédio com filha de 6 anos

Inclusive, foi o próprio adolescente que apontou o local onde o corpo do vídeo cruel havia sido desovado e enterrado em uma cova rasa, em uma área de matagal o final da Rua 2, também no Bairro Vila Nova. 

Mistério

No entanto, o que chamou a atenção e surpreendeu os militares é que o corpo encontrado não apresentava grandes incisões, como a necessária para se remover um órgão, por exemplo. Já em avançado estado de decomposição, o corpo estava com as mãos e os pés  amarrados, mas o tórax não possuía a incisão que aparece no vídeo.

O corpo deverá ser levado para necropsia, para verificar as circunstâncias da morte. 

O adolescente apreendido garante que o corpo encontrado é de Celio Kayke Ferreira da Silva, de 18 anos, desaparecido desde o dia 30 de maio, quando saiu de casa no Bairro Cidade Jardim. As tatuagens no corpo da vítima devem ajudar na identificação.

O caso foi registrado na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde será investigada a morte do cadáver localizado e também as circunstâncias das imagens localizadas no celular apreendido com o adolescente.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS