Diário Online
Notícias / Polícia
HOMICÍDIO

Homem é morto a tiros no meio da rua em Belém

Luan Vale, 27 anos, estava em uma motocicleta descendo a rua, quando foi surpreendindo por homens que estavam dentro de um carro e dispararam cerca de 7 tiros

quinta-feira, 10/03/2022, 13:09 - Atualizado em 10/03/2022, 13:14 - Autor: DOL

Google News

De acordo com a testemunha, os algozes encostaram e ficaram aguardando a vítima sair, quando ele saiu, eles derrubaram a moto e dispararam vários tiros de pistola.
De acordo com a testemunha, os algozes encostaram e ficaram aguardando a vítima sair, quando ele saiu, eles derrubaram a moto e dispararam vários tiros de pistola. | ( Reprodução )

Segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), entre 1º a 31 de janeiro deste ano, a Região Metropolitana de Belém registrou redução de 47% nos crimes violentos letais intencionais (CVLI), aqueles que englobam homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte, apresentando o melhor índice de redução nos crimes violentos na linha histórica dos últimos dez anos. 

Homem recebe ligação, sai de casa e é executado em Belém

Embora as estatísticas apontem tendência de queda no número de mortes violentas na região, a criminalidade ainda faz vítimas em um dos bairros mais populosos de Belém.

Um homicídio foi registrado na manhã desta quinta-feira (10), na travessa Vinte e Cinco de Junho, entre passagem Rossy e Rua Moura Carvalho, no bairro do Guamá, em Belém.

Segundo a informação de testemunhas, que preferem não serem identificadas, um jovem identificado como Luan Vale da Silva, de 27 anos, estava em uma motocicleta quando foi surpreendindo por homens que dentro de um carro, que dispararam cerca de 7 tiros em direção ao homem, que morreu no local. Os criminosos fugiram em seguida.

Ainda de acordo com testemunhas, os atiradores ficaram aguardando a vítima sair com o veículo, o derrubaram da moto e dispararam vários tiros de pistola. "Foi barulho alto e eu me espantei. Era da vizinhança, morava cerca de dez anos aqui no bairro. Uma pessoa excelente. Trabalhava como mototáxi", relatou uma das testemunhas.

A divisão de homicícios da Polícia Civil, o 20° batalão da Polícia Militar e a Polícia Cientifica estão no local para investigações e identificação dos atiradores.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS