Diário Online
Notícias / Polícia
"LÍDER ESPIRITUAL"

Quarta audiência de João de Deus Paraense é adiada 

A audiência ocorreria na manhã desta quarta-feira foi adiada a pedido do advogado de defesa do acusado

terça-feira, 12/07/2022, 18:33 - Atualizado em 12/07/2022, 18:32 - Autor: Com informações Wellington Jr/RBA TV

Google News

Paulo Paumgartten Sabino de Oliveira, "João de Deus Paraense"
Paulo Paumgartten Sabino de Oliveira, "João de Deus Paraense" | ( Reprodução )

Uma mulher foi estuprada, em média, a cada dez minutos no Brasil em 2021, segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Foram 56,1 mil casos, incluindo estupros de vulnerável, com pessoas do gênero feminino como vítimas.

Paulo Paumgartten Sabino de Oliveira, de 68 anos, que era líder da seita Missão do Espírito Santo e apontado como autor de crimes sexuais contra mulheres, vivia com seis vítimas, sendo uma adolescente, em uma casa no bairro de Fátima, em Belém.

Segundo a Polícia, dezenas de mulheres foram vítimas nos últimos 14 anos, período em que o advogado atuava se intitulando médium. Ele também já foi procurador do município de Pacajá.

Mulher que esquartejou marido é condenada no Paraná

O “João de Deus Paraense", como ficou conhecido, foi preso em flagrante, em Marudá. Paulo se intitulava Líder espiritual, falando que recebia entidades, e complementava dizendo para as vítimas que seria necessário banhos e limpezas para o desenvolvimento espiritual, onde os estupros aconteciam. 

Na manhã de hoje (12), iria ocorrer a quarta parte da audiência de instrução e julgamento, mas foi adiada por solicitação do advogado de defesa, que alegou que  ainda existe a necessidade de se aprofundar nos autos. 

Vídeo: Polícia divulga imagens de acidente em Ananindeua

Durante o horário em que aconteceria a audiência, várias mulheres que fazem parte do movimento contra a violência estavam do lado de fora do tribunal. Por segurança e pelo fato de o caso ocorrer sob segredo de justiça, ninguém pôde entrar. 

O advogado de defesa, Omar Saré, falou com a equipe da RBA TV e alegou que seu cliente que é vítima de golpe. "Temos provas e testemunhas que tudo isso é um golpe. Essas vítimas queriam tirar o que meu cliente tinha. Ele é vítima e a família dele também", afirmou.

A quarta parte da audiência de instrução e julgamento está marcada para acontecer no dia 9 de agosto deste ano. 

Marajó: jovem acusado de furto se joga de navio e desaparece

Para Larissa Miranda, assistente de acusação, as provas e evidências do inquérito são fundamentais para a condenação de Paulo Paumgartten de Oliveira. 

"A nossa expectativa é melhor porque temos provas suficientes para que ele seja condenado. Todos os depoimentos e materiais que foram apreendidos são suficientes." Finalizou a assistente de acusação 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS