Diário Online
Esporte / Esporte Pará
PRA CIMA, LEÃO!

Clube do Remo precisa vencer para se livrar de risco de cair

O Operário é um adversário direto na briga contra o rebaixamento e o Remo precisa surpreender e arrancar os três pontos lá em Ponta Grossa para respirar na tabela da segunda divisão

terça-feira, 09/11/2021, 07:35 - Atualizado em 09/11/2021, 09:17 - Autor: Nildo Lima


Remo foi derrotado em casa pelo time paranaense na 16ª rodada da Série B.
Remo foi derrotado em casa pelo time paranaense na 16ª rodada da Série B. | Ascom/Clube do Remo

A 34ª rodada da Série B do Brasileiro deixou um saldo bastante negativo para o Clube do Remo. Não bastasse a derrota, fora de casa, frente ao CSA-AL, o Leão ainda teve contra si resultados obtidos por concorrentes na luta para se manter na competição em 2022.

A equipe remista acabou caindo da 11ª colocação para a 15ª na classificação do campeonato. Agora, mais do que nunca, o time azulino precisa de uma vitória, hoje, a partir das 19h, diante do Operário-PR, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa, para poder respirar um pouco mais aliviado e manter o sonho de seguir na Segundona.

O grande problema para o Leão, na partida do interior do Paraná, é que a equipe da casa também precisa de uma vitória para deixar a 13ª colocação na tabela de pontuação e subir mais uns degraus na classificação. O time da região Sul vem de um empate, dentro de seus domínios (1 a 1) com o Goiás-GO, e é cobrado por seus torcedores, o que lhe deixa na obrigação de fazer o dever de casa. A equipe da casa tem um rendimento de 49% jogando no “Germano Kruger”, enquanto o Clube do Remo, como visitante, tem 33,3% de aproveitamento na competição.

Seguindo no mundo dos números, o site Chance de Gol, após a rodada passada, aponta o Clube do Remo com 7,8% de chances de sofrer o descenso à Série C do ano que vem. A probabilidade é pequena, levando em conta que equipes que estão mais abaixo na classificação, casos de Londrina-PR, Confiança-SE e Vitória-BA têm 71,3%, 94,3% e 97,8% de chance de queda, respectivamente. O Brasil-RS, lanterna da disputa, já está com vaga garantida na Terceira Divisão de 2022, apenas cumprindo tabela no campeonato.

LEIA TAMBÉM

Técnico do Remo explica má fase ofensiva do volante Arthur

Copa Verde: Evento faz CBF alterar horário de Manaus x Remo

Lateral do Remo afirma: "atingiremos nosso objetivo"

Apesar do momento delicado vivenciado pelo Leão, o técnico Felipe Conceição recomenda que o torcedor azulino não entre em desespero, confiando que o time vai conseguir, ao término do campeonato, manter-se na Série B no ano que vem. “A gente tem uma pontuação que nos permite atingir o objetivo. É lógico que bate uma angústia conforme vai passando o tempo, é natural. A gente também sente e fica nessa ansiedade de atingir logo o objetivo, mas a equipe está encorpando nessa reta final (do campeonato)”, justifica o treinador.

O treinador admitiu que chegar às últimas rodadas do campeonato convivendo com o fantasma do rebaixamento não era o planejado por ele e seus jogadores. “A gente desejava estar mais tranquilo, mas entendemos o contexto que passamos e o que estamos passando”, justificou o treinador azulino, que, após a derrota frente ao CSA foi bastante criticado pela torcida nas redes sociais. Ele - e toda a torcida remista - espera que hoje a vitória seja conquistada e o Remo consiga respirar na competição.

MUDANÇAS

Na véspera do jogo decisivo, contra o Operário, o técnico Felipe Conceição, mais do que nunca, teve motivos de sobra para esconder a sete chaves a escalação do Clube do Remo para encarar o Operário. Mas, ele deve - especula-se - fazer mudanças na equipe azulina em relação a que iniciou a partida com o CSA-AL.

As alterações atingiriam os três compartimentos da equipe azulina, ou seja, defesa, meio de campo e ataque.

Entre os barrados na defesa azulina estariam o zagueiro Romércio, que não vem bem, e o lateral-esquerdo Raimar. Os substitutos seriam Kevem e Igor Fernandes. No meio, Arthur cederia sua vaga a Pingo, que entrou no decorrer do jogo em Maceió e recebeu elogios de Conceição.

No ataque, Matheus Oliveira pode ser a bola da vez, após cumprir suspensão por ter recebido o terceiro cartão amarelo diante do Londrina-PR. Na frente, Conceição tem ainda a opção de Jefferson, que tem sido uma peça surpresa, embora na partida diante do Azulão do Nordeste não tenha feito tanta diferença.

Nesta segunda-feira (08), Conceição ministraria um treino de apronto para o seu time, na Universidade Estadual de Ponta Grossa, mas a movimentação acabou sendo trocada por outro tipo de atividade. É que muita gente do Operário estava presente no local em razão do treino de uma das equipes da base do time paranaense. Imagina-se que Felipe tenha temido a presença de “olheiros” do adversário e, para não entregar o ouro aos donos da casa, evitou dar pistas de como pretende colocar o Leão em campo.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES:

REMO: Thiago Coelho; Thiago Ennes, Rafael Jansen, Romércio e Raimar (Igor Fernandes); Anderson Uchôa, Lucas Siqueira e Arthur (Pingo); Matheus Oliveira, Lucas Tocantins (Jefferson) e Neto Pessoa.

OPERÁRIO: O provável Operário-PR: Thiago Braga; Lucas Mendes, Fábio Alemão, Odivan (Reniê) e Fabiano; Vinicius Guedes, Marcelo Oliveira e Rafael Chorão (Rafael Longuine); Felipe Garcia, Paulo Sérgio e Thomaz.

JOGO

A partida está marcada para às 19h, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. A cobertura completa e em tempo real você acompanha aqui no DOL!

VEJA MAIS - Renato promete melhora do Flamengo até a final da Libertadores


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS