Diário Online
Esporte / Esporte Pará
CONFIANTE!

Bezerra vê Paysandu forte para RexPa e elogia Fiel por festa

Auxiliar técnico do Papão falou sobre os problemas físicos, mas que acredita na superação de seus atletas. Ele não acredita em azulinos pressionados pela torcida por causa de rebaixamento

sexta-feira, 03/12/2021, 21:25 - Atualizado em 03/12/2021, 21:24 - Autor: Kaio Rodrigues


Wilton Bezerra acredita em grande resultado
Wilton Bezerra acredita em grande resultado | John Wesley/Paysandu

Paysandu e Remo decidem, neste sábado (4), uma vaga na final da Copa Verde. Os dois times se encaram no Estádio Baenão, em Belém, às 17h. No primeiro jogo, empate por 2 a 2 na Curuzu. Nova igualdade no placar leva a decisão para os pênaltis. Por conta dos problemas com o desmanche do elenco e da falta de ritmo de jogo, os bicolores veem o rival com traços de favoritismo. Para Wilton Bezerra, o Papão fará um jogo de superação.

- Paysandu confirma Márcio Fernandes como o novo técnico

- Meia quer ficar no Paysandu, elogia Fiel e projeta RexPa

“Vamos entrar focados. Quando isso acontece, conseguimos superar todas as dificuldades. Fisicamente, vamos estar dentro do mesmo padrão. Ninguém consegue evoluir muito em tão pouco tempo. Temos que estar preparados e focados. Sabemos da importância. A torcida pode esperar muita entrega novamente. Imaginávamos que teríamos essa dificuldade física. Mas estamos conduzindo bem. Procuramos fazer da melhor maneira. Acreditamos muito nos atletas que estão aqui. Isso é o mais importante, independentemente da quantidade de jogadores que temos à disposição. Estão dando o seu melhor e honrando a camisa do Paysandu”, destacou.

Quem assistiu o confronto de ida, viu o Papão fazer seu melhor primeiro tempo de toda a temporada. Com autoridade, melhor técnica e taticamente, os bicolores abriram 2 a 0 contra o rival. Mas sofreu o empate no segundo tempo após queda de rendimento físico. Para o auxiliar técnico, neste momento, o melhor treino é na parte psicológica, fazendo com que os jogadores acreditem mais ainda na classificação.

“O primeiro tempo era o que esperávamos que acontecesse durante todo o ano. Não deixamos de tentar em momento algum. Todos trabalharam forte. Os atletas procuraram dar o melhor. Estamos tendo muitas conversas com o intuito de mostrar alguns pontos negativos e outros muitos positivos, para que possamos entrar focados, tomando as melhores decisões no decorrer da partida. Estamos muito confiantes. Temos que continuar acreditando, trabalhando a mente para que ela esteja forte e, se Deus quiser, vamos ter um grande resultado, um grande desempenho nesse jogo da volta”, enfatizou.

 

Bezerra diz que problemas de condicionamento eram esperados
Bezerra diz que problemas de condicionamento eram esperados | (Foto: John Wesley/Paysandu)
 

“É o reflexo de grandes mudanças que aconteceram na instituição durante o ano. Na parte física, na metodologia. Reflexo de dois anos emendados por conta da pandemia. Infelizmente estamos tendo essa dificuldades no final, mas era algo esperado. Mesmo com todas essas dificuldades vamos fortes e dar o nosso melhor pelo clube”, expressou.

Como o Papão vai chegar?

“Podemos surpreender sempre e esperamos fazer isso com o nosso adversário. A surpresa pode ser com substituições ou questões táticas. Vamos procurar repetir o que fizemos de bom, que é aquela entrega, confiança e foco. O nível de concentração deve estar elevado. Se precisarmos, vamos estar fazendo mudanças. Acredito que o mais importante é surpreender sendo mais fortes ainda”, contou.

Baenão Lotado:

“Sabemos das dificuldades que será lá dentro. Essa questão de pressão que o adversário vai ter é normal, pois eles possuem jogadores com um potencial grande e com experiência. Temos que pensar no clássico RexPa e isso é jogar forte mental, física e tecnicamente. Sabemos que encontraremos isso do outro lado também e precisamos tirar proveito nos detalhes”, falou.

 

Fenômeno Azul deve lotar o Baenão
Fenômeno Azul deve lotar o Baenão | (Foto: Samara Miranda/Remo)
 

Resgate da Fiel:

"Nesse último jogo conseguimos mostrar um pouco dessa identidade que esperamos. Conseguimos resgatar a torcida. Fazia tempo, por conta da pandemia, que não tínhamos uma festa bonita como foi. Parabenizo a torcida do Paysandu, pois foi lindo o que aconteceu. A torcida pode ter certeza que resgatou a equipe”, ponderou.

 

Curuzu esteve impecável na última quarta-feira (1º)
Curuzu esteve impecável na última quarta-feira (1º) | (Foto: John Wesley/Paysandu)
 
Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS