Diário Online
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
32°
cotação atual R$
NA BRONCA!

Ricardinho faz cobrança à FPF e liga alerta no Paysandu

Meia criticou as condições do "gramado" do Estádio Modelão, parabenizou o Castanhal pela vitória e comentou sobre as lições que o Papão pode tirar do jogo

segunda-feira, 07/03/2022, 21:39 - Atualizado em 07/03/2022, 21:38 - Autor: Kaio Rodrigues

Google News

Imagem ilustrativa da notícia Ricardinho faz cobrança à FPF e liga alerta no Paysandu
| John Wesley/Paysandu

O Paysandu teve um jogo e um resultado atípico diante do Castanhal, no último domingo (6), pela oitava e última rodada da fase classificatória do Campeonato Paraense. Os bicolores, até então invictos e com a melhor defesa da competição com dois gols sofridos, saíram de campo goleados por 4 a 0. O meia Ricardinho fez cobranças à Federação Paraense de Futebol (FPF) por conta do "gramado" enlameado.

- Paysandu pede à FPF para não jogar mais no Modelão

- Estádio Modelão terá vistoria técnica após lamaçal em Castanhal e Paysandu

“Um gramado impraticável. Não teve um jogo de futebol. Infelizmente, não dá para entender como a federação permite um jogo naquele estádio, onde a perna afundava e a lama ia até a metade da canela. Não só por praticar o futebol, mas para preservar o atleta. Graças a Deus não teve nenhuma lesão, nem do nosso time, nem do Castanhal. Mas é algo que precisa ser pensado. ‘vamos esperar uma lesão de um atleta, que precisa trabalhar e atuar, para poder tomar alguma medida e não haver jogo?’, então, realmente, é lamentável um jogo naquele estado. O Castanhal foi superior e soube jogar naquelas circunstâncias e aproveitou as oportunidades. Mereceram a vitória”, comentou.

| (Foto: John Wesley/Paysandu)
  

O Paysandu chegou à partida com o primeiro lugar do Grupo A garantido, assim como a liderança geral da primeira fase e usou uma equipe de reservas, com exceção do goleiro Elias Curzel. O placar elástico trouxe alguns alertas para o clube, comissão técnica, jogadores e torcedores. Ricardinho disse que é esquecer o ocorrido e ligou um alerta na Curuzu.

- Técnico vê lições em derrota do Paysandu e critica o gramado do Modelão

- Veja os classificados e rebaixados do Campeonato Paraense

- Lateral do Paysandu detona gramado do Modelão

“A nossa conversa é de esquecer o que houve contra o Castanhal. Aquilo não representa e não é a essência do que é o nosso time. Nem como o professor ou nós mesmos nos cobrarmos sobre apresentar um futebol melhor ali. Realmente, fica difícil se cobrar algo e nossa equipe se entregou ao máximo. Conseguimos fazer o que estava dentro das nossas condições. Não conseguimos um bom resultado. O que fica de lição é esse alerta. Aconteceu quando podia, já que estávamos classificados há três rodadas. Perdemos quando poderíamos e agora ligamos o alerta para a sequência da competição, pois se aparecer situações parecidas, temos que nos impor e jogar o que o jogo está pedindo. Foi um aprendizado”, enfatizou.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS