Diário Online
Notícias / Política
CONFIRA!

Desistência de Doria aumenta chance de Lula nas eleições?

Pesquisas apontam que após a desistência de João Dória à presidência da República cenário teria mudado

terça-feira, 24/05/2022, 17:12 - Atualizado em 24/05/2022, 17:10 - Autor: Com Informações Estadão

Google News

Ex governador de São Paulo João Doria e Luiz Inácio Lula da Silva
Ex governador de São Paulo João Doria e Luiz Inácio Lula da Silva | (Divulgação)

O ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou que não será candidato à Presidência da República neste ano após a pressão de seu partido para que desistisse de sua campanha. A cúpula tucana praticamente chegou a um consenso sobre o apoio à candidatura da senadora Simone Tebet (MDB). 

João Doria desiste de concorrer à Presidência; veja o vídeo!

Após anunciar sua decisão, pesquisas apontam que isso pode beneficiar o pré-candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, que fica mais perto de vencer no primeiro turno. A opinião é do cientista político e diretor da Quaest, Felipe Nunes.

Segundo o analista, “politicamente, Lula aumenta as chances de vitória no primeiro turno, com o voto útil, pois o eleitor do Doria rejeita mais Bolsonaro (77%) do que Lula (62%)”. 

Simone Tebet diz que desistência de João Doria era esperada

“Numericamente – na opinião de Nunes – não tem mudança significativa, porque Doria sempre apareceu com pouco voto (3% a 5%). Mas Ciro tem o maior potencial entre esses eleitores (54%), Lula tem potencial de 36% e Bolsonaro de 19%. Tebet é muito desconhecida.” O candidato do PDT segue igualmente com poucas chances de almejar alguma coisa nesta eleição.

Outra perspectiva, de um ponto de vista simbólico, de acordo com Felipe Nunes, é que a chamada terceira via “aumenta as chances de organizar sua tropa para tentar viabilizar uma opção fora da polarização”, já que “a coordenação das elites é fundamental para que os eleitores possam tomar decisões eleitorais”. Ele acredita que, “até aqui, a terceira via mais atrapalhou do que ajudou o eleitor”.

“Desistiram do calcinha” ironiza Eduardo Bolsonaro

O presidente do Solidariedade, Paulinho da Força, disse na segunda-feira, em reunião de dirigentes dos partidos que apoiam a pré-candidatura de Lula, que acredita que o ex-presidente possa vencer no primeiro turno, o que exige a ampliação das alianças.

“Esse é o nosso principal papel: ampliar aliança e fazer com que o presidente Lula possa ser candidato não só de um partido, mas de uma frente bem ampla para que a gente possa ganhar as eleições em primeiro turno”, disse Paulinho.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS