Diário Online
Tuédoidé? / Curiosidades
ALERTA

Tem medo da sexta-feira 13? Veja curiosidades sobre a data 

Data emblemática tem raízes históricas e muitos mistérios que a cercam. Listamos algumas curiosidades sobre a sexta-feira 13.

sexta-feira, 13/05/2022, 08:58 - Atualizado em 13/05/2022, 12:01 - Autor: Adams Mercês

Google News

Data é considerada "dia de azar" para muitas pessoas
Data é considerada "dia de azar" para muitas pessoas | Reprodução

Na cultura ocidental, considera-se a sexta-feira 13 um dia de azar. Pessoas mais supersticiosas chegar a até evitar alguns hábitos nesta data. Apesar de não existir uma origem oficial para a "tradição", são especuladas várias hipóteses.

A bem da verdade, fazendo um apanhado histórico, muitos acontecimentos negativos e trágicos ocorreram em sextas-feiras e algumas tem relação com o número 13. Será que datas como a de hoje realmente "dão sorte ao azar"?

Veja também:

Veja a 1ª imagem do buraco negro no centro da galáxia

Garrafas pet com água no portão. Você sabe para que serve?

Bem, antes de conferir o que existe de curioso por trás da sexta-feira 13, é necessário voltar no tempo e entender por que se teme esta data. Da perspectiva religiosa cristã, cita-se que, na última ceia de Jesus, que aconteceu em uma quinta-feira, ele se reuniu com seus 12 discípulos, totalizando 13 pessoas na refeição. Jesus morreu no dia seguinte, uma sexta-feira.

A tradição cristã ainda liga o fato de Jesus ter morrido em uma sexta-feira ao fato do livro do Apocalipse apontar o número 13 como a marca da besta, do anticristo. A imperfeição do número 13 também está ligada às inúmeras referências ao número 12 na Bíblia (12 tribos de Israel e 12 discípulos), sendo assim, o número 13 destoaria do projeto de Deus, o que pode-se considerar um dos motivos para a origem a superstição.

Além das crenças cristãs, na história, o monarca francês Felipe IV teria ordenado a perseguição da ordem dos Cavaleiros Templários em uma sexta-feira, 13 de outubro de 1307.

Chegando mais próximo dos tempos atuais, a série de filmes "Sexta-Feira 13" também popularizou a ideia de um dia de tragédias, azares e perigos, contando a história de terror e assassinatos provocados pelo personagem fictício Jason. É curioso notar que, até hoje, foram feitos 12 filmes na série e, desde 2009, é aguardada a 13ª obra, que daria continuação à saga.

CURIOSIDADES

Como já dito, existem várias superstições sobre a data. Evitar cruzar com gatos pretos, passar debaixo de escadas e quebrar espelhos são alguns exemplos de crendices, que podem ser consideradas bobas por muita gente. No entanto, existem outras curiosidades que ligam a sexta-feira 13 ao azar. Veja algumas a seguir:

Mitologia nórdica

Segundo a lenda, o mal e a agitação foram inseridos no mundo após a aparição de Loki, em um jantar no Valhala. Como 13º participante, Loki, que era conhecido como o deus da trapaça e da travessura, perturbou o jantar dos 12 deuses presentes e armou uma briga que resultou na morte de um deles. Desde então o número 13 é visto como mau presságio.

Impactos na economia

Estima-se que, a cada ano, a sexta-feira 13 resulta em perdas financeiras superiores a US$ 800 milhões de dólares.

12 e 14

De acordo com o Stress Management Center and Phobia Institute, de Asheville, na Carolina do Norte, mais de 80% dos edifícios dos Estados Unidos não possuem o 13º andar. Desta forma, no elevador, os números ficam 12 e 14. Algumas lojas de departamentos brasileiras não possuem caixa 13 em suas unidades, assim como restaurantes que não enumeram uma das mesas do salão com o 13.

Fobia

O medo da sexta-feira 13, passou a ser reconhecido na medicina e existe uma síndrome chamada paraskevidekatriafobia para nomear a fobia que algumas pessoas enfrentam relacionada a data.

Tragédias

Muitas tragédias mundiais foram registradas em uma sexta-feira 13, entre elas a destruição do Palácio de Buckingham durante a Segunda Guerra Mundial, o cruzeiro Costa Concordia afundou na Itália e causou a morte de 32 pessoas em 2012 e um incêndio florestal de grandes proporções que atingiu a Austrália, onde o fogo começou a se expandir em 13 de janeiro de 1939. Na época, 700 casas foram queimadas, 71 pessoas morreram e o fogo consumiu 575 hectares de terra.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS