Diário Online
LANÇAMENTO

Livro conta a relação de mulheres com os rios da Amazônia

Evento ocorrerá dentro da programação da 24ª Feira Pan-Amazônica do Livro e Multivozes

terça-feira, 30/11/2021, 15:16 - Atualizado em 30/11/2021, 15:15 - Autor: Denilson d'Almeida


As águas do Rio Tapajós inspiram romances e poesias.
As águas do Rio Tapajós inspiram romances e poesias. | Tania Monteiro (acervo)

Cortada por rios, que guardam histórias e lendas, a Amazônia tem particularidades muito distintas quando se trata da vida ribeirinha. Nela, há saberes e memórias que fazem parte de um imaginário tão rico quanto a floresta e tudo que ela envolve. Quem mora na região pode se sentir abençoado de inúmeras formas e deve observar a paisagem com sentimento para compreender as poesias que elas contam, estimulam.

 

As águas do Rio Tapajós inspiram romances e poesias.
As águas do Rio Tapajós inspiram romances e poesias. | Tania Monteiro (acervo)
 

É dentro desta perspectiva de valorização da vida ribeirinha, do contato com as águas, que um grupo formado por oito mulheres empreendedoras resolveu se juntar durante o período mais crítico da pandemia de covid-19 para declarar o amor às suas origens. A partilha desse sentimento resultou no livro "Rios em Nós", que será lançado na próxima sexta-feira (3), na 24ª Feira Pan-Amazônica do Livro e Multivozes, em Belém.

A obra traz o olhar feminino sobre as águas da Amazônia. São poemas e memórias que descrevem, com linguagens literais e metafóricas, as belezas e as encantarias dos rios, além de também denunciarem as mazelas que se espalham em muitos rios amazônicos, entre elas, a chaga da exploração sexual que ainda hoje segue impune e permeia o cotidiano da região.

“Este livro nasceu como nasce o rio: naturalmente. Nasceu para contar histórias, relembrar momentos, refletir sobre a vida e compartilhar emoções”, explica Helena Viana, organizadora da coletânea. Além dela, assinam a obra Clébia Maciel, Djane Pereira, Flávia Leite, Gilcélia Mendes, Jandiassy Ribeiro, Rosângela Diniz e a jornalista Tânia Monteiro.

Além de empreendedoras, as autoras tem em  comum o fato de serem professoras, mestras em Letras, amigas da literatura, íntimas da linguagem poética e apaixonadas pela natureza e pela vida.

 

Livro Rio em Nós é uma coletânea que conta a história de mulheres de origem ribeirinha.
Livro Rio em Nós é uma coletânea que conta a história de mulheres de origem ribeirinha. | Reprodução
 

O livro tem o selo da Imprensa Oficial do Estado do Pará e foi definido como “uma declaração de amor, de orgulho e de pertencimento às origens ribeirinhas das autoras”. Além dos textos, traz fotografias de vários rios com imagens que complementam e dão mais significado à obra. As fotos são dos rios da Amazônia e, também, do Maranhão, onde nasceram duas das autoras.

O prefácio é do escritor premiado Daniel da Rocha Leite, que  considera a coletânea uma experiência literária que torna o rio uma placenta de memórias, uma vez que é ao mesmo tempo parto e porto, a casa de uma escrita identitária e lançante e uma marca coletiva que não se encerra no próprio ato de escrever. Ele destaca ainda a sororidade que existe entre as autoras quando interpelam e denunciam reincidentes silêncios históricos, como os abandonos familiares, violência patriarcal e ausência do poder público que, diante de uma tessitura feminina, são confrontados com o tempo corrente para que a vida inscreva, nas histórias, um texto em nome próprio.

“O livro é formulado por mulheres e, por isso, talvez, ele traga a sensibilidade, o amor e o olhar generoso e metafórico que vão mostrar aos leitores de forma mais presencial a grande experiência vivida e descrita nessa obra”, resumiu o coordenador da Editora Dalcídio Jurandir, da Ioepa, Moisés Alves de Souza. 

Serviço:

Lançamento do livro Rio em Nós

Data: 3 de dezembro

Hora: 16h

Local: Estande da Ioepa, na Feira Pana-Amazônica do Livro e Multivozes.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS