Diário Online
Esporte / Esporte Pará
PREPARADO

Wilton Bezerra faz mistério, mas quer Paysandu com atitude

Bicolores terão apoio maciço do torcedor no jogo de ida pela semifinal da Copa Verde contra o Clube do Remo, no Estádio da Curuzu.

quarta-feira, 01/12/2021, 18:26 - Atualizado em 01/12/2021, 18:26 - Autor: Magno Fernandes


Auxiliar técnico do Paysandu, Wilton Bezerra
Auxiliar técnico do Paysandu, Wilton Bezerra | John Wesley/Paysandu

O Paysandu está pronto para encarar seu maior rival, Clube do Remo, no confronto de ida nas semifinais da Copa Verde. Sem jogar uma partida oficial há mais de 15 dias, o time espera unir a motivação por ser um clássico e também com o apoio da torcida nas arquibancadas, para sair com importante resultado que lhe garante vantagem ao jogo de volta.

Visando uma das vagas na decisão do torneio regional, a equipe bicolor entra em campo logo mais no Estádio da Curuzu, às 20h, contra um adversário que vem bastante combalido por conta do rebaixamento à Série C que é o Clube do Remo. Durante entrevista coletiva, antes do clássico, o auxiliar técnico Wilton Bezerra, afirmou que mesmo assim, não há favoritismo na disputa.

Torcida do Paysandu esgota ingressos para o clássico

Nada melhor que vencer! Tudo sobre o RexPa na Copa Verde

Márcio Fernandes está quase fechado para assumir o Paysandu

"O momento que o Remo está vivendo hoje, a gente também viveu há algumas semanas. Sabemos que o lado emocional fica abalado. Estamos procurando motivar os atletas, mas é Re-Pa. Quem entrar em campo vai dar o seu melhor. O Re-Pa é um jogo diferente, é a grande final. Estamos tratando como a final da gente", disse.

Ao longo dos últimos dias, vários jogadores que estavam no elenco bicolor, tiveram seus desligamentos confirmados, os quais muitos pertenciam ao time titular em grande parte da temporada. Para Wilton Bezerra, mesmo fazendo mistérios com relação ao possível time que irá entrar em campo, os jogadores precisam ter uma atenção redobrada.

"A decisão da saída de alguns atletas foi tomada pelo atleta. A gente tinha uma ideia de que alguns poderiam estar fora, mas sempre criamos expectativa que poderíamos contar com um ou outro. A gente espera que tenha muito mais atitude, mais postura, sabemos da responsabilidade que é um Re-Pa. A gente não vai estar soltando o time agora", afirmou.

Com a provável equipe sendo formada com: Victor Souza; Leandro Silva, Yan, Victor Sallinas e Diego Matos; Bruno Paulista, Ratinho, Jhonnatan e José Aldo; Marlon e Danrlei, o Paysandu espera poder sair vencedor no clássico 761 na história do duelo mais disputado do planeta. O confronto terá cobertura completa e em tempo real da equipe esportiva do DOL.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS