Diário Online
Esporte / Esporte Pará
VAMOS, PAPÃO

Aplausos mostram Fiel ao lado, mas Paysandu precisa se ligar

Papão venceu apenas um jogo dos últimos seis na Série C do Brasileiro, mas tem tempo para ajustes e apoio dos seus torcedores, que aplaudiram a equipe após empate contra o Figueirense

terça-feira, 26/07/2022, 23:33 - Atualizado em 27/07/2022, 03:04 - Autor: Kaio Rodrigues

Google News

Fiel segue apoiando, porém paciência tem limite e Paysandu precisa acordar
Fiel segue apoiando, porém paciência tem limite e Paysandu precisa acordar | John Wesley/Paysandu

Apenas uma vitória nos últimos seis jogos. Essa é a marca que o Paysandu atingiu na Série C do Brasileiro, ao entrar na reta final da 1ª fase. Por sorte, o Lobo conseguiu uma "gordurinha" na primeira metade do campeonato, o que lhe deixa na vice-liderança com 27 pontos e precisando de um triunfo para garantir vaga no Quadrangular Final da Terceirona.

A boa fase, com resultados positivos um atrás do outro, ficou para trás por conta de algumas questões, como a queda de rendimento de alguns jogadores, posicionamento e, o principal, os erros constantes que a equipe vem cometendo no setor defensivo, como contra o Vitória e o último diante do Figueirense. O momento é de alerta ligado e, apesar não ser dos melhores, a Fiel segue ao lado do time, apoiando e acreditando que o acesso virá, pois sabe que o elenco possui condições.

Quem estava ontem (25) na Curuzu, viu que os jogadores saíram aplaudidos pela torcida após o apito final. Bruno Leonardo recebeu cobranças após falha que resultou no gol de empate do Furacão do Estreito e vaias se iniciaram. Entretanto, no mesmo instante os aplausos cessaram as críticas e demonstraram apoio ao Lobo, que possui 95.7% de chances de classificação.

Fiel lotou a Curuzu, mais uma vez
Fiel lotou a Curuzu, mais uma vez | John Wesley/Paysandu
 

Márcio Fernandes tem tempo para ajustar a equipe, gerar confiança novamente nos atletas, para que voltem a vencer bem, como vinha acontecendo antes. Para isso, precisa acertar seu setor defensivo e fazer Marlon e Serginho voltarem a jogar, já que andaram sumidos nas últimas partidas. José Aldo não pode atuar tão distante dos atacantes. Ele é o diferencial da equipe nas armações, porém vem jogando mais recuado, ao lado de Mikael.

O próximo compromisso do Papão será contra o Campinense, 19º colocado com 15 pontos ganhos. O duelo está marcado para sábado (30), no Estádio Amigão, em Campina Grande, a partir das 19h. Depois, enfrenta o Altos, no Estádio Lindolfo Monteiro, no Piauí, e encerra contra o Floresta, na Curuzu, em Belém. Tempo para ajustar a equipe visando o quadrangular tem e apoio não irá faltar.

LEIA MAIS:

- Clube Arménio "mela" negociação de zagueiro com o Paysandu

- Atacante avalia estreia pelo Paysandu e foca no Campinense

- Capitão do Paysandu dá "puxão de orelha" em erros da equipe


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS