Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
AÍ QUE MORA O PERIGO

Mulher leva tiro, não sente e continua no pagode até o fim

A jovem disse que só parou de curtir a festa quando não sentiu mais o braço.

quinta-feira, 03/03/2022, 21:29 - Atualizado em 03/03/2022, 21:29 - Autor: Com informações do Correio Braziliense

Google News

Bala alojada foi descoberta no raio-x
Bala alojada foi descoberta no raio-x | Reprodução Instagram

Um pagodinho é um pagodinho. Às vezes, a festa está tão boa que muitos pensam em ficar até o fim, nem bala os tira da festa. Para Renata de Assis, de 22 anos, a máxima é verdadeira. 

A estudante viralizou ao contar a história durante o aniversário de uma amiga em um "pagode" na Zona Norte do Rio de Janeiro. Renata levou um tiro e não percebeu. Ela continuou dançando a madrugada inteira e apenas no final da festa sentiu a bala quando o braço direito dela começou a doer sem motivo aparente. 

Ela sentiu dor e depois passou a não sentir o membro. Questionada pelos amigos sobre o grau da dor, ela disse “acho que tomei um tiro”. O que ela não imaginava é que se tinha sido vítima de uma bala perdida no meio do evento, fato que só descobriu quatro horas depois, na madrugada do último domingo (20). 

Veja também!

Nas redes sociais, ela contou que os amigos perguntaram se ela queria ir ao médico, mas ela recusou. “Vamos curtir, vamos dançar, olha o pagodinho tocando”, ela disse. A jovem disse que só parou de curtir a festa quando não sentiu mais o braço. Ela não conseguia mais mover o membro e nem abrir e fechar mais a mão. 

No hospital, o raio-x revelou o mistério: ela realmente tinha sido baleada e o projétil estava alojado no braço dela. Após a descoberta, Renata foi atendida pelo Hospital Estadual Getúlio Vargas e não recebeu boas notícias: o médico que a atendeu afirmou que era “arriscado tirar porque tá pertinho de um nervo e se mexer nele eu posso perder os movimentos”. “Vai ser parte de mim agora”, brinca. 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS