Diário Online
Notícias / Polícia
LAUDO SOBRE A MORTE

RBATV tem acesso a informações sobre morte de Yasmin

Hoje completa um mês da morte da universitária e família ainda espera por respostas.

quarta-feira, 12/01/2022, 13:50 - Atualizado em 12/01/2022, 19:01 - Autor: DOL com informações de Sancha Luna/RBATV


RBATV tem acesso ao laudo da necropsia de Yasmin Macedo
RBATV tem acesso ao laudo da necropsia de Yasmin Macedo | Reprodução

Hoje completa um mês da morte da universitária e influencer digital Yasmin Macedo, que faleceu durante um passeio de lancha pelo Furo do Maguari, em Belém. Além de viver com a saudade, a família ainda convive com a angústia de não ter uma resposta sobre o que aconteceu, de fato, na noite daquele 12 de dezembro, quando a jovem desapareceu na água, sendo encontrada apenas no dia seguinte, por mergulhadores do Corpo de Bombeiros.

A Divisão de Homicídios da Polícia Civil continua a investigação, que tinha previsão de ser feita em 30 dias, mas teve o prazo prorrogado. Nesta quarta-feira (12), a repórter Sancha Luna, da RBATV,  teve acesso exclusivo a informações do laudo cadavérico, que apontou a causa da morte por afogamento. A perícia é peça importante para a elucidação do caso.

 

RBATV tem acesso ao laudo da necropsia de Yasmin Macedo
RBATV tem acesso ao laudo da necropsia de Yasmin Macedo | Reprodução
  

O documento indica ainda que não foi encontrado ferimento por arma de fogo no corpo de Yasmin. O exame de alcoolemia atestou que a influencer ingeriu bebida alcoólica.

Na última sexta-feira (7), a polícia cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa do empresário Lucas Magalhães, 27, que pilotava a lancha onde o grupo estava. Ele foi um dos primeiros a prestar depoimento. Testemunhas indicaram que ele estava com uma pistola e teria efetuado disparos durante a festa. Além dele, o médico legista Euler Cunha também também teria atirado para cima.

Uma amiga de Yasmin prestou um segundo depoimento na Divisão de Homicídios e  disse a polícia que não ouviu disparos de arma de fogo na lancha, por isso não falou sobre o assunto no primeiro depoimento. A investigação continua e as pessoas que estavam na lancha poderão responder por crime de falso testemunho.

 

RBATV tem acesso ao laudo da necropsia de Yasmin Macedo
RBATV tem acesso ao laudo da necropsia de Yasmin Macedo | Reprodução
 
Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS