Diário Online
Notícias / Serviço
JUNHO VIOLETA

Hospital promoverá ação de conscientização ao ceratocone 

A ação de conscientização acontecerá dia 25 de junho, das 8 às 12 horas, de forma gratuita no Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza.

quarta-feira, 22/06/2022, 18:11 - Atualizado em 22/06/2022, 18:07 - Autor: Com informações da assessoria

Google News

O Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza (HUBFS), em Belém.
O Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza (HUBFS), em Belém. | Reprodução/UFPA

Ceratocone é uma doença que pode causar um aumento na curvatura e o afinamento na córnea do olho do indivíduo e, ainda, afetar os dois olhos de forma assimétrica, ou seja, prejudicar mais um do que o outro.

A córnea é uma estrutura transparente localizada na parte anterior do olho e pode ser comparada ao “vidro de um relógio”. Ela é responsável pela proteção ocular e pela regulação da entrada de luz que é projetada na retina. Dessa forma, o ceratocone ocasiona a perda progressiva da visão, que fica “borrada” e “distorcida”. 

As principais causas estão ligadas ao histórico familiar do paciente, coçar ou esfregar o olho com frequência, possuir algumas condições alérgicas que instiguem a coçar o olho como rinite alérgica, asma ou dermatite, síndrome de down, entre outros.

Leia também:

Procuradora, brutalmente agredida, fala sobre o caso em SP

Contrariando Bolsonaro, Damares crê na inocência de Ribeiro

Mulher morre após ser arremessada de moto em Barcarena

Com o tema “Esfregar e coçar os olhos prejudica a visão”, em alusão à Campanha Junho Violeta, o Complexo Hospitalar Universitário da Universidade do Pará, através do Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza (HUBFS), irá promover uma ação de conscientização e enfrentamento ao Ceratocone, no dia 25 de junho, das 8 às 12 horas, no HUBFS, para pacientes de demanda espontânea que tenham o diagnóstico da doença. 

Atendimento 

Por meio da Unidade da Visão do Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza, será ofertada a avaliação médica e multidisciplinar para identificar, ou não, a necessidade dos procedimentos de: anel de ferrara, transplante de córnea e do crosslinking. Além disso, para os pacientes com indicação cirúrgica, será oferecida a avalição cardiológica e a anestésica. 

Para o devido atendimento, o usuário diagnosticado com o ceratocone deverá apresentar a cópia dos documentos pessoais (RG, CPF, cartão do SUS e comprovante de residência) e os exames referentes à doença.  

Inovação 

O Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza possui todo o tratamento contra o Ceratocone. Embora seja uma doença ocular sem cura, o Hospital Universitário conta com a recente aquisição do aparelho que realiza o procedimento de Crosslinking. Esse é um procedimento de fortalecimento do tecido da córnea e que evita a progressão da doença. Além de ser indolor ao paciente.   

Conscientização 

Com o objetivo de elucidar sobre a prevenção e o combate ao ceratocone, o HUBFS irá promover, no dia 25 de junho, uma série de palestras educativas com médicos residentes em Oftalmologia do Hospital, abordando os temas: o que é o ceratocone; crosslinking; implante de anel e transplante de córnea. Nesse contexto, haverá dinâmica de integração e distribuição de brindes para incentivar a participação dos pacientes. 

Serviço

Data: dia 25 de junho 

Horário: das 8 às 12 horas 

Local: Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza 

Rua: Augusto Corrêa, 01, Guamá. Acesso pelo portão 4 da Universidade Federal do Pará. 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS